Morgana Hotel Roma | hoteis no centro de Roma | centro de Roma | hoteis em Roma | quartos confortaveis em Roma |


Chegada
Partida
Adultos


Hoteis de luxo em Roma Hotéis de 5 Estrelas em Roma Boutique Hotel em Rome Hotéis de Roma com 4 estrelas Hoteis em Roma Hoteis no centro de Roma

Hoteis em Roma
Pantheon, Rome

No ano 27 a.C. Agrippa, genro e arquiteto de Augusto ergue o Pantheon no lugar onde Rômulo, segundo a lenda, Desce do céu durante uma cerimônia. É um templo comum, retangular, de media dimensão, concebido como lugar de culto coletivo de mais divindades. Durante os anos o templo teve incêndios e outras calamidades, vêm restauradas mais vezes até que o imperador-arquiteto Adriano o reconstrói entre 118 e 128 D. C. É certamente de Adriano constrói com as dezesseis colunas, o ampliamento da "rotonda" e a cúpula em circulo – a mais larga que foi construída em tijolo e cimento – realizada com uma técnica da vanguarda. Adriano quer recordar o arquiteto original, e copia a inscrição na frente: (Marco Agrippa, filho de Lucio, Console pela terceira vez, edificou). Em 608 o imperador Foca doa o templo a Papa Bonifácio IV que o consagra ao culto Cristiano: Sancta Maria ad Martyres, obra-prima da arquitetura romana e primeiro caso de transformação de um templo pagão na igreja cristã. O templo se apresentava com uma serie de degraus que partia de uma praça com portas mais baixa da atual. Em origem a calota era externamente coberta com pedaços de bronze dourado colocados a forma de escama em 663 pelo imperador do Oriente Costante II e substituído por uma cobertura de chumbo em 735. A mesma sorte aconteceram com os revestimentos de bronzes da porta usados para fundir os canhões de Urbano VIII ao Bernini para realizar o suporte de S.Pietro. Poucas foram inseridas na arquitetura original: os ornamentos da igreja, os sepulcros de grandes artistas (Raffaello) e aqueles dos reis da Itália. Sempre Bernini ergue dois feios sinos tímpano definidos "orecchie d'asino", eliminados no fim de oitocentos. No Pantheon encontraram lugares também reservados que Pio VIII fez remover e transportar no Campidoglio, na atual Protomoteca coleção de personagens ilustres).